Guilherme Bergamini
       Laranjal do Jari

    O Laranjal do Jari foi criado pela Lei Federal nº7.639, de 17 de dezembro de 1978, a partir do projeto do milionário Daniel Ludwig de construir um pólo agroindustrial no meio da Amazônia.
O vilarejo recebeu uma excessiva demanda de mão-de-obra de trabalhadores em busca de emprego fixo, muitos deles sem condições de retornar às suas cidades de origem. A 
pequena vila tornou-se uma das maiores favelas de palafita do Brasil.